Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Mais uma listinha 2011 -TV.

A última listinha do ano, e Tv é o tema. A numeração não significa colocação é só questão de estética.  E quem comentar, que tal falar o que marcou a tv em 2011?

1-Cordel encantado: Há tempo que eu não parava para ver uma novela das seis, desde os tempos de Alma gêmea. Novela engraçada, com grande senso de estética.

2- Bruno Gagliasso: Brilhou na pele de Timóteo na novela, chegando a figurar entre os personagens mais detestáveis na rede globo. Prova que ele não é só um rostinho bonito na TV.

3-Glória Pires e Gabriel Braga Nunes: A novela Insensato coração no início foi bem chato, o casal não rendeu, mas a novela foi desses dois atores, ótimo ver Gabriel Braga de volta a Globo. E esperei Glória ser aquela vilã na novela, mas no final ela se mostrou o verdadeiro insensato coração da novela. Eu comecei a ver a novela só pra ver a vingança dela, ela se tornou a protagonista, coisas de Glória.
4-A vida da gente: Já tinha gostado da série que autora criou em 2009, Tudo novo de novo, ela é ótima em dramas familiares e nessa novela que drama ela criou, pena que Malhação derruba a audiência dela.
5-Amor e sexo: Adoro Fernanda Lima, eta programa que me pegou foi esse, não perdi nenhuma temporada, e nessa última morri de rir com as peripécias dela no Japão.
6-Saída de Fátima Bernardes do JN: Isso virou notícias em sites,e até notícia internacional, só não gostei de ter Patrícia Poeta no lugar dela.


7-CQC: Se teve um programa que teve polêmicas foi esse, mas acho que o programa precisa se renovar, já anda arrastado há tempos, veio como promessa, mas anda fazendo mais do mesmo, e com a saída de Danilo Gentili o programa perdeu muito. E é difícil eu parar pra assistir o programa todo, assisto mais o Top Five.
8-Tapas e beijos: O melhor programa de 2011 na minha opinião, não sentir nem um pouco falta do Casseta e planeta. Fernanda Torres e Andréia Beltrão animam minha noite de terça-feira.

9-Manhã maior: É muita gente vai estranhar porque coloquei o programa, mas me divirto com as burrices Daniela Albuquerque. Coitada da Regina Volpato, o que deu nela pra enterrar a sua carreira na Rede TV.
10-Hoje em dia: O jornalismo da record tem mesmo credibilidade. Coitada da recópia.
11-Marcelo Serrado ( Clô) Se teve um acerto esse ano, foi o de Aguinaldo Silva em tirar Marcelo Serrado da record, confesso que assisto mais a novela pra vê-lo.

Christiane Torloni: É dia de rock bebê, ela rouba a cena em fina estampa, confesso que até gosto mais da Tereza Cristina do que do Pereirão. E transformar um mico em fala na novela das oito e até hit na internet, não é pra qualquer, eu só pra Torloni.



É isso aí, espero que tenham gostado.. Até a próxima listinha.

Mais uma listinha 2011 -Filmes.

Para encerrar 2011 eu preparei três listinhas com os seguintes temas: música, cinema e TV. A numeração não significa ordem e sim organização. Ah e diga qual filme de 2011 você gostou mais.

1- Bruna Surfistinha: Eu não tô colocando nem tanto pela história, mas mesmo pela atuação de Deborah Secco.

2-O turista: Jonny Depp relembrando os tempos de piratas do Caribe e Angelina Jolie nem se fala, até eu ia querer ser esse turista.

3-O palhaço: Selton Melo e Paulo José em ótimas atuações e filme emocionante.
4-Rio : Adoro filme de animação, e esse é muito bom.

5-Os smurfs: Adorava o desenho e foi bom reviver os personagens no cinema.

5-Professora sem classe: Cameron Diaz todos os filmes com ela gosto.
6-Amizade colorida: Mila Kunis e Justin Timberlake, dupla que deu certo em 2011.

7-Cowboys vs aliens: Misture ficção científica com  faroeste e muita ação, dá esse ótimo filme.
8-Planeta dos macacos: a origem: Muita gente não deu bola para essa releitura do filme, mas surpreendeu pelo excelente enredo.
9-Cisne negro: Não preciso nem comentar Natalie Portiman.
10-O discurso do rei: drama histórico imperdível.
11-127 horas: A atuação angustiante de James Franco foi o melhor do filme.

12-Além da vida: Clint Eastwood surpreendeu com esse roteiro, um médium que deixou de ouvir os mortos, uma jornalista que sobrevive a um tsunami e uma dupla de irmãos que se separam depois de uma fatalidade.


É isso aí, leiam também a listinha de música, a próxima será tv.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Mais uma listinha 2011 -Música.

2011 está acabando, e vou fazer três listinhas sobre esse ano, música, filme e tv. A numeração não significa ordem é só para organizar, e quem comentar, responda qual foi a música que marcou 2011.

1-Someone like you ( Adele): Esse ano com certeza foi dela, e essa música pra mim é a mais linda de 2011.
2-We found love ( Rihanna) : Para mim o melhor clip do ano foi esse, e essa música não pode deixar de tocar em nenhuma balada.

3-Fly ( Nicki Minaj e Rihanna): Outra música boa pra dançar na pista.
4-Run the world ( Beyoncé): Adoro esse clip, principalmente por causa das lindas pernas da cantora.

5-Rabiosa ( Shakira): Amo Shakira, principalmente por que ela representa muito bem o povo latino, confesso que assistia a novela Morde e Assopra só pra ver Áureo e a música que tocava dela quando ele aparecia. Ah e não posso deixar de citar pole dance que ela faz nesse clip é pra deixar qualquer marmanjo louco.
6-Moves like Jagger ( Marron 5 e Chistina Aguilera): Se teve uma música que faz parte de muita mp3 e grudou como chiclete foi essa.
7-Lighters ( Bruno Mars) : Eu já gostava de Talking to the moon, pra mim é das mais bonitas vozes masculinas é desse cara.

8-Saga ( Filipe Catto) : Pra mim uma das mais gratas revelações da mpb, a voz dele é de arrepiar e fez parte da trilha sonora de Cordel encantado.

9-Trilha sonora de Fina Estampa ( Problemas -Ana Carolina, Quem não quer sou eu -Seu Jorge, Eu nunca amei alguém como eu te amei -Ivete Sangalo) : È bom lembrar que também faz parte da trilha Someone like you.

10-Felicidade ( Marcelo Jeneci) : Música simples e linda.
11-Cálice e Dançando ( Pitty/Agridoce): Eu não sou muito fã de novas versões, mas essa versão ficou moderna e ótima e esse projeto paralelo de Pitty é muito bom.

12-Amar não é pecado ( Luan Santana) : Se teve uma música que tocou muito nas rádios foi essa, e confesso que gostei dessa, apesar de não gostar do artista.
13-Luiza Possi: Pra mim uma das melhores cantoras da nova geração.
14-Paula Fernandes: O ano foi dela também, e não é pra muitos recusar o rei, rsrs
15-Shake de amor ( Banda Uó): É brega, mas até que ficou legal, imagine uma banda composta por dois gays e uma transsexual e ganhou o vmb.
16-Sticky dougk ( Wanessa): Essa nova fase de Wanessa Camargo gostei bastante, e esse ano foi dela também.

17-Criminal ( Britney Spears): mamãe, eu estou apaixonada por um criminoso
E esse tipo de amor não é racional, é físico. Essa daí retornou das cinzas.
Ai se eu te pego ( Michel Teló) : Se teve uma música que tocou... que tocou... que tocou. Foi essa, se tinha casamento, tinha ela, se era aniversário era Ai se eu te pego de novo marcando presença, e aí vai, de velório, a formatura. Se o mundo se rendeu ao Ai se ue te pego quem é eu pra ir contra e não colocá-la nessa listinha.

É isso aí espero que tenham gostado da listinha, até a próxima.

domingo, 6 de novembro de 2011

Postagem de aniversário

É inacreditável o blog chegou aos três anos, aos trancos e barrancos, trabalho, estudos, me fizeram deixar de lado esse espaço que pra mim é meu lar, é aqui que escrevo meus pensamentos, minhas denúncias, minhas mágoas, minhas alegrias, minhas saudades E mesmo sem escrever muito o blog manter a sua média de visitas em 1300 ao mês, obrigado a todos que seguem meu trabalho.
Espero nas férias poder me dedicar a esse filho que saiu do engatinhamento e começou a andar.
Pra essemais um ano prometo terminar Próximo demais e Quero você!.
E continuarei com:
1-Curtas urbanas: histórias curtas bem humoradas do cotidiano;
2- Mais uma listinha: listinhas que faço, e confesso apesar  de trabalhoso adoro fazer;
3-Minhas poesias: é o que o público mais gosta, e também descarregar as coisas que sinto neles.

A volta de:
1-memória em surto: tenho outras histórias sobre coisas que só acontece comigo;
2- Anuncie blog: Tem muita coisa interessante nessa internet e decidi compartilhar com vocês.

O fim de:
1-Releituras: nesse blog, eu republicarei poesias minhas no Espaço leituras.
2-E dos contos e crônicas, só me dedicarei as poesias e romances, isso só será para os curtas urbanas.
3-Vamos falar de educação: O fim nesse blog, pretendo criar um blog com esse nome, já que sou professor, e educação é minha paixão.

O que vem por aí:
1-Politicamente incorreto: um quadro em que vai tratar de um assunto, com uma pitada de humor
2-Sem delongas: esquetes de notícias comentadas
3-Não sou filho dos meus pais: Romance em que um garoto começa a acreditar que não seja filho de seus pais, e começar a receber cartas de uma suposta mãe, um romance psicológico, em que vai abordar até aonde pode ir a mente humana;
4-Três: Três jovens vivem um triângulo amoroso que se complica com a chegada de uma quarta pessoa, o que ninguém sabe é que essa quarta pessoa já se envolveu no passado com um desses três;
5-Fruto do mal:O que aconteceria se você descobrisse que dormiu com o Diabo? E dessa relação gerou o Anticristo, e caberá a um padre a tarefa de ir numa cidade no fim do mundo para conversar com o tal filho do Capeta que é capaz de fazer milagres e tentar livrar as mulheres da cidade a maldição que a mãe do garoto jogou;
6-A tua face: O que você faria se soubesse que sua mulher está te traindo e que  o amante dela no caso é os eu filho. Uma tragédia e anos mais tarde vocês se depara com a face da sua mulher em sua própria filha;
7-De olhos fechados: três estudantes de direitos de advogados passam a ser réus de crimes que assustaram a sociedade;
8-Menino de rua: um drama de um garoto que termina se perdendo da mãe e se trona um menino de rua sem perder a esperança de encontrá-la um dia.

Essas são as novidades, espero que tenham gostado e aceito mais sugestões.

Conheça meus trabalhos:
www.espaçoleituras.blogspot.com
Blog Nova geração

E me conheça mais em:
Meu twitter
Meu facebook
Meu canal no youtube

domingo, 23 de outubro de 2011

Deixe ser sua lembrança.

As vezes me pergunto como podemos nos enganar tanto com alguém
E não há palavras, motivos, nada e ninguém
Que cure a desilusão que abate em mim
Sei que isso algum dia vai ter fim
Vai cicatrizar
Vou voltar a amar
E se algum dia por essas ruas te rever
Não vou te demonstrar desprezo, se houver
Não vou tentar esconder o afeto que persistiu
Não vou ser indiferente pelo que existiu
Mas tentarei conter as lágrimas que possam surgir
Da saudade do seu abraço tentarei fugir
Não olharei para esses olhos que me prenderam a ti
E se por acaso me encontrar algum dia
Saiba que não precisa de explicações
Não precisa mostrar sua emoções
Só te peço uma única coisa não se esqueça de mim.

sábado, 3 de setembro de 2011

Mais uma listinha

A segunda lista com os vilões dos anos 80 e 90, serão 12 vilões. A numeração não significa ordenamento, é só para deixar organizado. Comentem o que acharam desses vilões ou digam algum vilão que deveria estar na lista e não estar, ou pra você qual desses foi o mais malvado.
01. Fedora Abdalla ( Cristina Pereira) - Sassaricando,1987: Quem ouve Fatamorgana vai se lembrar com certeza dessa personagem deliciosa de Cristina Pereira e dos banhos de leite de cabra e sonhos eróticos dela. Ela infernizou a vida do pai e fez par com Diogo Vilela nas suas maldades, o seu Leozinho. A maquiagem carregada lembrou bem a Fedora do filme que deu o nome a personagem. Pena hoje a atriz estar completamente esquecida. escolhi duas cenas uma engraçadíssima com participação de Vera Verão e outra com o saudoso Paulo Autran.





02. Fernanda ( Cristiane Torloni)- Selva de Pedra, 1986: A novela Selva de pedra tinha duas missões, um remake de um mega sucesso de Janete Clair e substituir  Roque Santeiro, um fenônomeno até hoje na teledramaturgia brasileira, e Cristiane Torloni tinha a missão de fazer a vilã eternizada de Dina Sfat, ela conseguiu dá conta do recado, roubou a cena na novela, já que o casalzinho sem química Simone e Cristiano não rendeu. Outro destaque foi Miguel Falabela, vivendo o Miro. Escolhi três cenas, uma é uma alusão ao lesbianismo, num banho de piscina sensual, que foi bastante criticado na época, a outra Fernanda entrando de vestido preto no casamento. E o outro os destaques da novela Miro e Fernanda, ela já bem louca, típico de vilãs a lá Torloni.







03. Renata Dumont / Rainha Valentine ( Tereza Rachel), Louco amor / Que rei sou eu?, 1983/ 1989:  Se falar em vilã, já vem o nome da atriz Tereza Rachel. Renata Dumont seria personagem de Tônia Carrero, mas foi preterida pelo autor por Tereza Rachel, a trama folhetinesca se sustentava em torno do segredo da senhora Dumont, uma excelente composição da atriz, que fez muito bem a megera que não queria que os membros da família se juntasse com pobres. Uma das risadas mais gostosas de se ouvir é da personagem Rainha Valentine, uma inspiração clara da rainha louca Maria Antonieta, a atriz nessa novela foi da comédia ao drama com maestria numa excelente obra Cassiano Gabus Mendes.  A primeira cena, Renata Dumont é desmascarada por Isolda ( Nicete Bruno) em plena festa, Renata na verdade chamava-se Agetilde e fora a responsável pela morte do patriarca da família Dumont. E ironicamente era a verdadeira mãe de Luis Carlos, a quem tanto humilhou durante a novela, a segunda cena a vilã dá a volta por cima. Já a terceira eu queria colocar o final da rainha Valentine, em que ela termina sozinha no castelo ao som How can I go on, em que se nota o olhar melancólico da rainha destronada, porém não encontrei no youtube. Achei essa cena da leitura do testamento.




04. Andréia ( Natália do Vale) -Cambalacho, 1986: Quem é da década de 80 se lembra da música Perigosa da Sindicatho vai se lembrar de Andréia Souza e Silva, a assassina com certeza está lá no topo junto com Nazaré Tedesco, Odete Roitman, Branca Letícia de Barros Mota e Isabela Ferreto. Coisas da talentosíssima Natália do vale que recenetemente roubou a cena em Insensato coração. 





05.Carolina ( Lucélia Santos) -Guerra dos sexos, 1983: Olhar de candura, jeito angelical enganou a todos,atormentou as mulheres e enganou os homens, a vilã em pele de cordeiro, um desáfio à altura da impressionante Lucélia Santos. No final quem disse que a vilã se deu mal, terminou pobre, mas com o Tarcisão, que foi uma comédia nessa novela. Detalhe essa novela foi a primeira vez que Glória e Tarcísio eram antagonistas e não um casal na mesma novela.










06. Perpétua ( Joana Fomm) -Tieta, 1989: Não teve uma personagem que pronunciasse tanto "quenga" quanto ela, ótima caracterização, ótima interpretação e ótimo texto de Agnaldo Silva. A personagem que no início era carregado de rancor e ressentimento, foi ganhando no decorrer da novela ares de comédia, chegou até a participar da Escolhinha do professor Raimundo. A personagem que falava tanto da irmã guardava um segredo pavoroso, ela guardava o órgão sexual do falecido marido numa caixa branca. Até que poderiam dá melhores personagens a essa grande atriz, faz falta. Selecionei um video que era a especialidade dela, humilhar Amorzinho ( Lilia Cabral), outro um dos embates entre Tieta e  ela e a cena antológica em que ela fica careca na igreja.



07.Maria de Fátima ( Glória Pires) e Odete Roitmam ( Beatriz Seagall) - Vale tudo, 1988: Uma foi considerada a filha mais ingrata do Brasil e a outra até hoje é considerada uma das maiores vilãs, simbolo de uma burguesia inescrupulosa e que demonstra desprezo com o Brasil, uma das melhores obras de Gilberto Braga com verdades inquietantes do país. A morte de Odete Roitmam mobilizou o país e todos queriam saber quem matou a mulher que foi capaz de culpar a própria filha. E a outra não fica atrás, foi capaz de vender o próprio filho. A atriz Beatriz Seagall recentemente disse que não conseguiria fazer novamente Odete, que aquele momento ela tava inspirada, haja inspiração.






 08. Soraya ( Itati Cantoral) -Maria do Bairro, 1997 e Paola Bracho ( Gabriela Spanic) -A usurpadora, 1999:  Eu sei que muitos vão falar em colocar duas vilãs mexicanas, mas não se pode negar que essas duas foram um sucesso aqui no Brasil e chegaram até a incomodar a Globo, a Soraya foi considerada como a vilã do século,  foi capaz de bater na mãe e até a matar a mãe e Paola Bracho não tinha como se diverti, mesmo morrendo dizia que queria ficar rica . Apesar da péssima produção em algumas cenas, essas duas vilãs merecem está na lista, curiosidade, Paola Bracho era para a Thalia fazer, mas ela não aceitou o salário, e ficou com a talentosa Gabriela Spanic, a dubladora dela também merece um prêmio.







09. Ângela Vidal ( Cláudia Raia) -Torre de Babel, 1999: A novela teve que ser completamente mudada, o que chateou muito o autor, teve um casal de lésbicas que não foi aceito,Tony teve que se tornar bonzinho, mas teve uma das cenas que entrou pros anais da teledramaturgia brasileira, a explosão do shopping e essa cena chocante, o final de Ângela Vidal.

10.Maria Regina ( Letícia Spiller) -Suave Veneno, 1999: A novela em quesito audiência foi um fracasso, Letícia inicialmente foi bastante criticada, mas depois , foi a única que podemos dizer que saiu por cima na novela.




11. Alexandre Toledo ( Guilherme Fontes) - A viagem, 1994: Quando o vilão está vivo é bom, mas quando ele já bateu dessa pra uma pior, é melhor ainda, Alexandre foi preso, se suicidou e começou a pôr em prática a sua vingança. Grande obra de Ivani Ribeiro.




12. Isabela Ferreto ( Cláudia Ohana) - A próxima vítima, 1995: Se teve uma vilã que apanhou, foi ela, a assassina apanhou no dia do casamento, teve o rosto cortado, tudo por que ela adorava trair os companheiros, teve como fim ver os dias nascer quadrado. 




13. Maria Altiva ( Eva Wilma) - A indomada, 1997: "Oxente, my god!" a beata popularizou essa e outras frases anglo-nordestinos que caiu no gosto do público, outra excelente obra de  Agnaldo Silva com sua Greenville, uma personagem extremamente caricata em que Eva Wilma se esbaldou, até hoje não tem como esquecer da cena em que ela promete voltar,“I’ll be back!!!”.



14. Raquel ( Glória Pires) -Mulheres de areia, 1993: Existe um comentário que quando Glória Pires é boa ela é boa, mas quando ela é má ela é ótima, depois da Maria de Fátima ela não poderia provar mais nada, mas se superou vivendo quatro personagens ( Ruth, Raquel, Raquel fazendo Ruth e Ruth fazendo Raquel), coisas de Glória, que recentemente roubou o brilho do casal protagonista e provou que ela era o verdadeiro insensato coração. Curiosidade, a novela era para sair em 1992, mas Glória grávida, a novela foi adiada, sorte nossa, e sorte nossa de novo em poder rever de novo no Vale a pena ver de novo.



15. Branca Letícia de Barros Mota ( Susana Vieira) - Por amor, 1997: Falsa, cruel, maldosa, traiçoeira, preconceituosa,sarcástica, dolorosamente sincera e divertidíssima, grande personagem de Susana Vieira, em tempos em que Manoel sabia escrever novela, na família Barros de Mota sempre tinha um barraco daqueles. Agora junte numa mesma cena Susana Vieira e Kássia Kiss dá uma das melhores cenas da teledramaturgia brasileira, com direito a tapa e descer rolando as escadas. 




16. Violante ( Drica Moraes) - Xica da Silva, 1996: Mulher que foi capaz de colocar um negro para violentar a própria madrasta, quem pensa que é pouco, Violante com a voz sussurrada foi capaz de várias crueldades para acabar com Xica e ficar com o Contratador, coisas da super versatil Drica Moraes.



17. Laurinha Figueroa ( Glória Menezes) - Rainha da sucata, 1990: de qutrecentona falida a uma mulher cruel que tinha repulsa por Maria do Carmo e nutria uma paixão pelo seu enteado. Foi capaz de matar o márido diabético com doses diárias de glicose até o cúmulo de se jogar de um prédio para incriminar a sucateira ordinária, "coisas de Laurinha", ou da inenarrável Glória Menezes em uma das cenas mais marcantes da tv em que aqui você confere na íntegra.




É isso, a próxima lista a última com os vilões dos anos 2000.



Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links