Pesquisar este blog

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Estranhos



É muito estranho saber que você tem outro
Que chegamos tão perto de termos uma história
Que vai ser difícil lhe tirar da memória
O que deu errado?
De repente ficamos tão estranhos
E pra nossa distância já não havia mais tamanho
E nada já não era mais adequado
Aí vem a vontade de voltar o tempo
E só ficar com seus beijos
Sem diálogos, sem mentiras, sem contratempos
Voltar no tempo pra poder ficar olhando os seus olhos
Fazendo nada ou fazendo tudo
Voltar no tempo pra te dá filhos
Voltar no tempo e contar o número de vezes que não liguei
Voltar no tempo pra substituir as indiretas pelas diretas
Talvez não fosse pra acontecer
Não fossemos um pro outro
Não tentamos, não averiguei
Mas é tão estranho saber que você está feliz com outro
Pensando essas coisas era pra me conformar
Não me entristecer
O que deu errado não dá pra afirmar
Nem se aconteceu
Foi tudo tão rápido
Do encantamento ávido
Ao anoitecer
Dos momentos que eram só seus
O que é estranho
É saber que não somos nada mais um pro outro
Do que dois estranhos

Nenhum comentário:

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links