Pesquisar este blog

domingo, 16 de março de 2014

Entre sem bater.



É dia no escuro
Sem afronta para o que esta atrás do muro
Na boca todos os dentes
Claros e nem um pouco distantes
Com o amor crescendo dentro da boca
Ou da infidelidade na entoca
Conhecendo sem nome
Sem bem saber nesta noite quem é que come
Língua por trás pra coisa nova
Língua na frente deixando ereto prova
Batendo na paredes da garganta
Na boca de alguma santa
Que não consegue encontrar a respiração
Pra essa noite de muita inspiração
Do líquido descendo goela abaixo
Pra essa noite quem está por baixo
Apenas atento pro falo amigo
Querendo um cu como abrigo
Molhando cada centímetro
Entre muitos escolhidos o certo cetro
Sem bordão ou exclamação
Do silêncio sem muita interação
O convite sem bater a porta
Sem antes colocar a mão na coisa torta
Sem medo de ser pego na boca na botija
Sem muitos tesouros e nenhum delito
Onde tudo sem mesmo parecer termina bonito.

Nenhum comentário:

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links