Pesquisar este blog

segunda-feira, 9 de março de 2009

O mestre-Capítulo 19

20008.


Desce Bárbara para a sua festa de noivado e quem pega na mão dela é Paulo, irmão de Pedro, ele é o noivo.
-Vou fazer de tudo senhorita para soltá-lo.
-Acho bom. -O homem se retira.
-Ele matou a sua mãe.
-Minha mãe o traiu, sinto vergonha dela.-Ela ver as amigas e levanta o braço e sorrir para Paulo. -o meu sorriso de alegria está convicente?
-Está.
-Vou falar com as minhas amiguinhas. -se retira.
Paulo pega uma taça de champagnhe e vai ao escritório e liga a luz e ver Ana e pedro, ele em pé e ela sentada na mesa.
-Como entraram aqui?
-Um bom ladrão não diz os seus truques maninho.
-Eu pensei que vocês...
-Você agora é noivo de Bárbara.
-Saiam daqui.
-O que ele te ofereceu, fora a mão da filha para nos matar? -Levanta Ana.
-Ele me chamou enquanto estava na cadeia aguardando o julgamento.
.....................................................................................
-O que você quer de mim?
-Sabia que o seu irmão está vivo?
-Como? Eu vi...
-Ele sobreviveu, eu quero o fim dele e da piranha da esposa dele e para isso ofereço muito dinheiro.
-Por que te ajudaria?
-O seu irmão te traiu e não acredito que você tenha o perdoado de coração.
-Como sabe disso?
-Eu tenho os meus informantes. te dou a mão da minha filha. Ela conhece um professor de tênis e se apaixona por ele. Aceita?
.....................................................................................
Por que você fez isso? -Pedro pega Paulo pela gola.
-Não conseguimos perdoar uma traição, perdoamos da boca pra fora, mas o coração fica magoado e a memória não deixa esquecer. -chorando
Pedro o larga.
.....................................................................................
1988.

Pedro está tomando café, chega a esposa de paulo, é loira, alta, senta a mesa.
-Onde está paulo?
-Está trabalhnado. -ela alisa a perna dela na dele. -O que aconteceu não vai mais acontecer.
-Ninguém precisa saber.
-meu irmão não merece isso.
-Eu casei com ele para ficar perto de você, eu te amo. Se você não ficar comigo, eu conto tudo a ele, e ele vai sofrer muito.
-É melhor a verdade. -ele se retira.
Ele vai para o quarto e tira a roupa para tomar banho, só está de cueca, chega Beatriz e deixa cair a camisola.
-Você está doida? -Vai na direção dela.
-Por você. -O beija.
Ele a afasta.
-Eu sei que sou mais bonito,mais charmoso, mais inteligente e mais gostoso do que meu irmão.
A joga na cama, a cama balança, ela gritando.
Chega Paulo e ver tudo, eles param, ela se enrrola no corbetô. Paulo se retira, ela vai atrás dele.
-Eu posso explicar.
-Saia da minha casa, antes que eu perca a cabeça e arrebente o seu rosto.
Ela vai embora, Pedro vai falar com Paulo.
-Ela me tentou muito irmão, eu sou homem, eu me segurei muito. -chorando -Me perdoa.
Paulo o abraça chorando.
-Como podemos nos enganar tanto com uma pessoa meu irmão.
.....................................................................................
Pedro o solta com lágrima nos olhos.
-Vamos Ana.
-Saiam pelos fundo, eu vou ajudar vocês.

Nenhum comentário:

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links