Pesquisar este blog

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

As minisséries da Globo.

Nesses dois últimos anos as minisséries da Globo tem me agradado em muito. A atual, Cinquentinha, que eu não entendia o porquê do nome, já que as atrizes eram um bando de sessentinhas, tirando a Maria Padilha. O primeiro foi chato pra cacete, mas no decorrer dos capítulos a mini-séries foi ganhando um humor hilário e debatendo temas interessantes como lesbianismo, a paixão entre pessoas de idades diferentes, o preconceito em relação ao brasileiro, a favela e etc, e a trilha sonora perfeita, principalmente a m´´usica de abertura com Maria Gadú. Ta se você é moralista, e preconceituoso nem leia o post e nem assista a mini-série.
Ela trouxe polêmica com a cena de nudez de Marília Gabriela, que jura que não houve dublê, e Ângela Vieira que arrasou com a sua personagem lésbica estilo José Mayer de ser, e em sua cena de nudez com um corpo lindíssimo ( pra mim uma das melhores cenas da mini-série - por favor alguém coloque esse vídeo no youtube), ela merece um personagem bom como esse, não como o de A Favorita, ela nem aparecia quase, teve a volta de Maria Padilha. Betty Lago foi uma ótima escolha para fazer essa personagem, não sou muito fã de Suzana Vieira, mas tenho que admitir de todas as cinquentinhas, ela foi a mais engraçada.
Teve pontos negativos na minissérie, como o persongem insuportável do neto de Mariana ( Marília Gabriela) e o persongem sem sal de Rafael Cardoso ( acho ele fraco como ator) e alguns exageros e o autor se achar a última bolacha de biscoito do pacote, dizendo que fez sua obra prima, sua tese de doutorado ( isso é muita humildade pra não falar o contrário). Lamento em ver uma atriz excelente como Zezé Motta num persongem fraquinho como aquele.
Foi uma boa ideia de a Globo reduzir o tamanho das suas mini-séries para não ficarem cansativas e darem aquele gostinho de quero mais, esse ano teve Maysa, que eu não conhecia e me apaixonei pela história dela e pela voz. Essa mini-série foi belíssima e Som fúria, que trouxe uma linguagem bem diferente para a televisão e um ótimo elenco. E no final do ano passado Capitú, gostei da forma que eles planejaram a mini-série, a ideia da atemporaneidade da mesma, do cíúme do personagem narrador que ficou bem evidente, e os dois atores que fizeram Bentinho são excelentes ao meu ver. Enfim agora é aguardar a mini-série falando sobre Dalva de Oliveira, que é de Maria Adelaide Amaral que escreveu casa A casa das sete mulheres, e assistir amanhã o último capítulo de Cinquentinha, torcendo que tenha uma segunda temporada.

16 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

Realmente a Globo adotou um plano de séries mais rápidas e ganhou muita qualidade....
Cinquentinha é diferente mas deixará saudade pela comádia
Haha

Willians disse...

Eu ainda não assisti nenhum capitulo inteiro de Cinquentinhas. Na verdade, só assisti uma cena que era da Marilia Gabriela e tal. A outra miniserie, Maysa que e não a conhecia, também me apaixonei por ela. As Cinquentinhas vou tentar assistir

Igor Gonçalves disse...

Não assiti nenhum, mas pelo visto parece ser bom !

Milla Pimentão disse...

mto boun as miniséries da globo.. atorooooon

kbritovb disse...

a melhor foi o quinto dos infernos =D

Diego Tito disse...

concordo plenamente com vc, cinquentinha foi muito bom e olha que só assisto a novela das nove e mais nada. Ah, você esqueceu de falar de Opaí ó que foi muito engraçada(a mais engraçada das miniséries)e também foi muito bem feita relatando bem a vida no pelourinho esquecendo apenas do tráfico que tiraria o humor da história. diego do furdunco no semaforo.

.outsid3r disse...

Eu ainda prefiro as antigas como ARAPONGA, ANOS DOURADOS, AGOSTO e ANOS REBELDES, acrescentaram muito mais.

Rômulo Cabrera de Medeiros disse...

Não tenho constume de assistir às series brasileiras, mas assisti a Som e Fúria. E como você mesmo disso foi algo totalmente diferente. Capitu no ano passado foi demais, com sua linguagem bem contemporânea e a trilha sonora (Elphant Gun, acho que é isso) que deu o que falar.

Parabéns pelo blog!

Abraço!

http://romulocabrera.blogspot.com

mulherices disse...

Achei a mini série despretensiosa e divertida. O título "Cinquentinha" é claramente uma ironia.

Ah, sim: a canção tema, interpretada pela Maria Gadu é "A História de Lilly Braun", de Chico Buarque e Edu Lobo, feita para o espetáculo de balé "O Grande Circo Místico", em 1982. Originalmente foi cantada pela Gal Costa. ;-)

Mike. disse...

As mini-series da globo são, em sua maioria, bem produzidas e dirigidas. Trazendo contextos historicos, mensagens e humor contemporaneo.
É quase sempre uma grande e bela produção...

Parabens pelo post!

Sucesso!

Wellington Holanda disse...

Olá Virgílio,
Eu não sou lá o fã número um das novelas e das mini-séries da Globo. Aliás, sou um pouco atrasado quando o assunto é televisão, só sei o que se trata sobre Esportes. Ha-ha
Não me recordo muito bem, mais a ultima mini-série que eu assisti parece que foi A casa das setes mulheres. :O Eu me lembro de uma mais recente, só que não sei o nome. Nunca assistir Cinquentinha, talvez quando a série terminar, a Globo começe a vender o DVD, dai sim eu posso comprar.

Isllane Letícia disse...

Concordo com o que disse. ^^

Nova Quahog disse...

TEM ALGUMAS BOAS.

Mike. disse...

Amigo, antes de você ir até o meu blog e dizer que eu lhe dei CALOTE, preste mais ATENÇÃO... pois o meu comentário está no seu blog com o nome de MIKE e com um outro endereço de blog que possuo!

Por favor, não suje meu nome perante meus leitores...

Grato.

Blogueira disse...

Eu deixei de assistir a Globo a tempos, faz tempo que não assisto a miniséries.
Cinquentinha pelo pouco que vi achei meio chato.

Gabriela Sayour disse...

Nem assisti a essa série.. Não tenho me interessado muito por televisão ultimamente, e muito menos pela Globo. Mas já não é a primeira pessoa que me fala bem dessa mini-série, hm. Realmente, a Globo deve ter tido um belo upgrade na audiência por causa dessas séries, começando pela Maysa, que foi outra que eu também não assisti, mas me falaram bem.
Séries pra mim só na Warner, haha :D é só as da Warner MESMO, porque as do SBT, que compraram tudo e colocaram dublado -n,são um porre, fato.]

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links