Pesquisar este blog

sábado, 26 de maio de 2012

Memória em surto - Dizem que sou romântico.



Eu não sou romântico, não sei quem inventou e espalhou essa ideia. Só porque escrevo poesia ( hoje com a internet qualquer um rima), só porque acredito no amor ( a cabeça é minha e acredito no que eu quiser), só porque falo em família ( se você conhecesse minha família você iria querer outra família). Românticos são loucos, românticos são tristes e pirados, então pra quê vou querer ser romântico?
Um amigo meu uma vez falou: " Não basta comer, dormir e respirar? Por que ainda temos que amar? Porque temos essa vontade louca... muito louca ( não é a música das gaiolas, meu texto é de nível) de encontrar a nossa metade da laranja?
Nunca namorei, estou começando a achar que vim com algum defeito de fábrica. Eu acho que sou feio, mas se fosse feio não pegava ninguém em balada, é mas pode até ser que fui a segunda... terceira opção da pessoa, ou álcool ajudou. Confesse você nunca fez caridade bêbado? A adolescência é uma desgraça você pega qualquer coisa que anda. Ou você está no zero a zero a balada acabando, seus amigos na festa, você pega aquele tribufu que tá te olhando só para não sair por baixo. Quem nunca fez isso?
Um colega meu de trabalho disse um dia que ficar acreditando nesse negócio de amor ou amizade entre homem e mulher, ou era coisa de mulher ou de viado. Eu como conheço bem os viados, posso garantir que não, são coisas de viado: Comentar a nova bizarrice da Lady Gaga, saber que Madonna lançou um novo clipe e correr pra ver e garantir que é o primeiro a compartilhar, ir pra balada que só vai tocar música da Rihanna, estar em casa em plena sexta-feira ( viado não fica sexta-feira em casa) então pode ter a certeza que ele estar ou sem dinheiro ou chorando por alguém ouvindo Adele, ficar na frente do espelho imitando a Beyoncê, tem ainda os que ficam malhando ouvindo Katy Perry, e não posso esquecer o tipo que vai ler isso e vai dizer que sou homofóbico -o Paranomofóbico -e os mais espertos que vão estar é fudendo mesmo.
Um tio meu falou uma vez que de tão romântico que era, acreditava que nasceu com uma alma feminina, ou o lado feminino. Eu confesso que temo que ele um dia exacerbe esse lado feminino.
E digo uma coisa, eu não acredito naqueles que postam no face que estão felizes solteiros, sozinhos e ficam a madrugada toda na internet e eu me pergunto fazendo o quê. Mas pior do que isso, e confesso que já cheguei nesse estado, é aquela pessoa que posta: Quem quer namorar comigo?, Estou solteiro., Case comigo?. Ninguém posta quer trepar comigo? Mas acreditem tem estágio mais desesperado que esse, o de conversar com a atendente de telemarketing que te liga cobrando cobrança, ou dá em cima da entrevistadora que está te selecionando pra uma vaga de emprego, ou ficar respondendo mensagem da operadora que te manda mensagem pra você recarregar. E o mais desesperado de todos, dá em cima do testemunho de Jeová que bate na sua porta ( Me salva!) vai que cola, quem sabe a pessoa que você tanto procura é uma testemunha de Jeová.
Outra coisa juro que a próxima pessoa que dizer que sou legal enquanto estiver teclando comigo eu solto um palavrão. Você está numa sala de bate papo que a temática é sexo, a pessoa te diz que você é legal, é a mesma coisa que dizer que você é estranho.
Do que adianta dizerem que você é legal, inteligente, engraçado, diferente dos outros se em todas as noites você dorme sozinho?
Então pra acabar com essa ideia de que sou romântico entenda que todas as palavras bonitas que escrevo nas entrelinhas significa o seguinte: Quero comer você!

Um comentário:

Roberto Leones disse...

UAHSUHAUs Muito bom o texto, além de muito extrovertido. Ri muito com a real intenção!

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links