Pesquisar este blog

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Colega.



As horas de aula são martírio
Por não tirar os olhos de sua boca linda
E imaginar sua pele branquinha sem roupa
Deixe eu falar no seu ouvido coisas sujas
Faça algo melhor com essa boca e me leve ao delírio
Os seus olhos não se encontraram com os meus ainda
Nos meus sonhos você está calado apenas chupa
Dê essa bunda pra mim
Vamos fazer coisas sujas no banheiro
Aposto que vou deixar o seu pau afim
Pode até chamar algum parceiro
Deixo até você ficar por cima
Sem haver vítima
Deixe melar outras partes do seu corpo
Me entreter com a parte de trás
Meter fundo sem saber o sentido e a direção
Deixando de fora Milton Santos
Estudando outra Climatologia
Vamos direto ao ponto sem precisar de nenhuma analogia
Usando as mãos sem cumprimentos
Para as posições toda a abjeção
Onde o único apoio são as pilastras
Começando com o comprimento do meu dedo
Quero sentir seu pau duro perto do meu
Não tenha medo
Não chame por Deus que sou teu
Se você soubesse o que penso quando você sorrir
Diga que horas essa bomba no meio das minhas pernas irá explodir.

Nenhum comentário:

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links