Pesquisar este blog

sábado, 3 de outubro de 2009

Otage- Capítulo 41.

-Vamos comer o quê? - Pedro pergunta.
-Linguiça. - Carolina.
-Ah não, não como isso. - Heitor.
-Eu também não. - Bruno.
-Nossa como essas linguiças estão pequenas. - Caio.
-Hã... Hã. - os meninos.
-Pois eu como, e é bom que sobra mais pra mim. -Pedro.
-Hã... Hã. - os meninos.
- Eu quero a maior, não me contento com pequena. - Ingrid.
-Hã... Hã.
-Deixem de ser bobos meninos. - Manuela.
-Tire a mão Pedro. - Carolina.
-Oh! Ninguém vem ajudar a montar as barracas não? - Elís - Antes que anoiteça.
Ao cair a noite, todos reunidos em volta da fogueira, ouvindo Elís cantar e tocar violão.
Pedro abraça a irmã e Carol dá um selinho em Caio.
Heitor coloca o braço no ombro de Ingrid e essa tira o braço dele de cima dela e sorrir.
Todos se deram as mãos e começaram a sacudir o corpo pra lá e pra cá.
-Com licença, mas vou roubar a minha cantora preferida.
-Hã... Hã. -Todos.
-Boa noite. - entram na cabana.
Ao amanhecer, Elís e Ingrid vão tomar banho na cachoeira, só que nuas.
E entre os matos Heitor e Pedro olhando.
-Oh! Podem parar de ver, minha gata está lá. - Bruno.
-Estraga prazeres. - Pedro.
Lá onde as barracas estão armadas.
-Gente quanta sujeira, não podemos poluir a natureza, gente quanta cerveja.
-Carol. - Caio coloca a mão na boca dela e tira logo em seguida e ela rir.
-Nossa para todo lado que viro tem mato. - Manuela.
-Vocês. - Caio.
-Caio eu já te disse que eu te amo?
-Não.
-Te amo. - o abraça e dá um beijo no rosto dele.

Nenhum comentário:

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links