Pesquisar este blog

domingo, 25 de outubro de 2009

Otage -Capítulo 49.

Manuela é colocada numa cela e vê uma mulher uns quarenta anos toda fortona.
-Vão me colocar numa cela um sapatão.
Sai a carcereira, a mulher a olha.
-Não fique preocupada, eu não quero te pegar.
Ela depois é levada até o banheiro pela carcereira.
-Lave o banheiro.
-Eu não vou sujar minhas mãos nesse banheiro imundo. -a carcereira se retira.
Manuela abre um vaso sanitário, vem a vontade de vomitar.
Ela depois vai tomar banho.
-O que ta esperando? - pergunta uma detenta.
-Eu não vou ficar nua na frente dessas... Marginais.
No outro dia ela vai ver as outras detentas jogarem bola, se retira.
É parada por quatro mulheres.
-O que foi? Tão me achando bonita?
Começam a surrá-la, a batem tanto que olho dela incha e quebram a bacia dela fazendo ela chorar de dor a noite toda.
Ao se recuperar, mais uma vez comendo a comida da cadeia. ela se levanta e vai até uma mesa e joga o prato na cabeça de uma das que a bateu.
A noite recebe uma surpresa a sua colega de cela a mando da mulher da qual ela jogou o prato na cabeça fazendo todas as outras detentas rirem, a esfaqueou.
Ela foi para enfermaria, e ao voltar a sua colega de cela foi mudada. Viu agora na cela uma senhora negra.
-Eu vou sair daqui... Eu não vou ficar aqui por muito tempo. - chorando.
Senta-se no chão, começa a fumar e tremendo continua chorando.
Depois é chamada para ir até a sala de visita, e lá vê Roberta.
-Um dia você me visitou, agora vim desejar que você passe por coisas piores que eu passei aqui, quero que você se arrependa em cada minuto que restar da sua vida.
-Acha mesmo que uma garota de classe média alta pode passar muito tempo aqui na cadeia? Peguei 89 anos de cadeia, por lei só posso ficar presa trinta anos, vou passar por outro julgamento e com sorte posso responder em regime semi- aberto quando completar 1/3 da minha pena, posso diminuir minha pena com trabalhos voluntários e bom comportamento. Posso concluir o meu curso de Direito aqui, e depois pegar uma cela especial com Tv, champaghne, livros, jornais, comida boa. Tudo que um otário brasileiro pode pagar e você trabalhar para se sustentar e eu com todas as mordomias e ainda dizer que estou presa. - ri - Esqueceu que estamos no Brasil querida? Onde é fácil burlar leis, onde você pode roubar o dinheiro público e não ser preso ou ainda reeleger-se, enquanto uma pessoa rouba uma margarina e vai presa e outra rouba o povo e tem a certeza que vai voltar nos braços do povo idiota. País da impunidade... País que diz que ajuda dando uma ajudinha enquanto milhões de homens desempregados e mulheres tendo mais filhos para receber essa mísera ajuda e esses filhos se nascerem numa favela, correm o risco de entrar pro narcotráfico e serem os marginais de amanhã para manter gente honesta atrás das grades do medo.
-Acabou a visita.

11 comentários:

Arthur D'mello disse...

legal,
gostei da crítica ao sistema carcerário e a justiça do brasil.

Saiu a continuação do Ao Seu Encalço! www.arthurmelo92.blogspot.com

Nova Quahog disse...

o final é excitante!

Arnek disse...

Com certeza nosso sistema carcerario não serve para nada alem de formar bandidos

http://midiasocialbrasil.blogspot.com/

Keisy disse...

Gostei da crítica do texto! //Bjinhos!

Naya Rangel disse...

Ótimo texto! O Brasil é esse oba oba mesmo ... Bandido de verdade não fica preso não, tem imunidade parlamentar =/ E quem está na cadeia sai pior do que entrou ... Uma vergonha! E é por isso que o Brasil não vai pra frente!

Abraços!

iMarty Turbo disse...

gostei do texto, critica muito bem a situação que o brasil vive hoje, muito bem!!

Rafa disse...

Sisea carcerario ultrapoasado, defasadossimo, muito bom

http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/2009/10/o-delirio-e-imaginacao-de-um-cavaleiro.html

liginha11 disse...

você escreve bem! e me fez lembrar uma musica da decada de 70 que falava justamente o que voce colocou em seu último parágrafo. a música é in the guetto - elvis presley.

jah desde os anos 70 isso eh visto, eh comentado, mas pq? pq, essas coisas continuam?

Inez disse...

No início não estava entendendo muito bem a história, pensei que fosse continuação de um conto já iniciado.
A crítica é perfeita, além de muito bem escrita fala da realidade brasileira.

Blogueira disse...

Excelente o texto.Os verdadeiros bandidos estão soltos.

THALES disse...

eu nao li os outros capitulos,apenas este...mas esta muito bom !!

para ver muitas tirinhas legais visitem:
http://thalesurso.blogspot.com/

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links