Pesquisar este blog

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

a mulher do desembargador -Capítulo 9

O desembargador chegou do jantar, e não saiu da cama depois disso, ele está gripado.
Minha mãe junto com Dona Justina foram fazer uma visita.
-Boa tarde.
-Entrem.
-Como ele está? -Perguntou Dona Justina.
-Mal, está tossimdo muito, com febre. -ela chorando.
-Ele vai melhorar. -fala minha mãe.
-Obrigada.
-O que ele tem? -Perguntou Dona Justina.
-Chegou assim depois da viagem.
Passou um semana e eu e ela nos encontramos na igreja.
-Já teve alguma reação de melhora?
-Não. -Ela chorando. -Eu nem dormir, ele tossiu a noite toda. Eu não sei o que será de mim sem ele.
-Eu a protejo.
Depois fui acompanhar minha mãe e Dona Justina na feira.
-Amância está indo a igreja?
-Estou levando umas frutas ao Padre Eurico, ele fica muito sozinho, e aproveito para fazer companhia a ele, para conversarmos.
-Ah!
-Com licença.
-Ai tem, escreve o que estou dizendo Augusta.
Depois de várias semanas morre o desembargador.
Ela chorou no percusso do enterro todo. Tive vontade de consolá-la, mas não podia.
Eu não a visitei durante os sete dias de luto. Ela estava arrasada na missa de sétimo dia.
Minha mãe e Dona Justina foram visitá-la.
-Estamos aqui para oferecer os nossos pêsames. -Dona Justina.
--Obrigada.
-O que você precisar...
--Obrigada, estou muito grata.
-Você deve amar muito o seu marido. -Dona Justina.
-Era um grande homem. -Falou minha mãe.
-O que vai ser de você agora? -Perguntou Dona Justina.
-Não sei.
-Meu santo falecido marido estava esbanjando saúde, terminou contraindo Rubéola, o marido de Augusta todo feliz cai morto, Renato, filho de Eulália, derrepente morre. E agora o seu marido, que coicidência horrível da saúde ao túmulo.
-Com licença. -Era o guarda Ventura.
-Já vamos.
-Obrigada pela visita.
-de nada, tchau Guarda Ventura.
Depois de sairmos.
-É melhor você proibir o seu filho de continuar tomando aulas com a viúva do desembargado.
-É mesmo Dona Justina, não fica bem a uma viúva ficar sozinha com um homem.
-Fiquem sabendo que continuarei a tomar aulas com ela.
-Mas as pessoas vão falar.
-Que se danem!
-Filho me respeita.
-Então respeitem a viúva do desembargador.
Entrei em casa e subi para o quarto e peguei o binóculo, o Guarda Ventura já estava se retirando.

Nenhum comentário:

Central blogs

div align="center">Central Blogs

Colméia

Colmeia: O melhor dos blogs

Ueba

Uêba - Os Melhores Links